Impermeabilização em lajes

impemeabilizacao

Na impermeabilização das lajes normalmente são utilizadas as mantas asfálticas. Essas mantas são fabricadas a partir do betume (derivado do petróleo).

Impermeabilização com manta asfáltica.

Como as mantas asfálticas devem ser derretidas com maçaricos de fogos há aproximadamente 400º (quatrocentos graus) para sua colagem, recomenda-se para que elas sejam aplicadas por profissionais especializados evitando o desperdício do produto.

Em uma impermeabilização com mantas asfálticas na hora da queima da manta se o aplicador deixar o fogo muito tempo em determinado local ele pode vir danificar a a manta onde há o desperdício do produto. Para cada local a ser impermeabilizado existe um tipo de manta, isso acontece devido às condições das lajes e dos locais que vão ser impermeabilizados. Em lajes muito extensas devem ser utilizadas as mantas estruturadas com telas de poliéster e asfaltos elastoméricos devido às mesmas suportarem a dilatação da laje.

Antes da fixação das mantas, todas as lajes devem receber tratamentos específicos. Em lajes que serão muito transitáveis e foram recém construídas deve-se antes fazer um caimento para os ralos por onde vão escoar a água. Os cantos deverão ser arredondados com argamassa de cimento e areia na proporção de quatro por um.

Nas regularizações das lajes devem-se observar os devidos caimentos construídos para que quando na chegada dos ralos o contra piso não termine muito fino vindo destacar do concreto com o calor do fogo no derretimento das mantas. Para que isso não aconteça deve adicionar emulsão adesiva na proporção de quatro por um na argamassa para que haja melhor aderência do contra piso no concreto da laje. Depois de feita a regularização deve se observar os rodapés onde a manta irá subir de trinta a quarenta centímetros.

As muretas laterais que tiverem menos de cinqüenta centímetros devem ser toda coberta com a manta dobrando a parte superior até a metade da espessura da mureta. Não se deve cobrir toda a parte superior com manta para não atrapalhar a aderência da argamassa de acabamento. Em muretas laterais que tiverem acima de cinqüenta centímetros as mantas devem subir nas mesmas de trinta a quarenta centímetros.

Não se deve colar manta na laje e subir direto nos rodapés, cola a manta primeira na laje na base horizontal, faz-se o arremate da manta junto a meia-cana das laterais. Depois corta um pedaço da manta com cinqüenta centímetros sobem nos rodapés quarenta centímetros e sobrepões na manta da laje dez centímetros.

A Aki Aço e Cimento também trabalha com Mantas Asfálticas. Consulte nossa página de Impermeabilizantes para maiores detalhes.

 


Voltar


Aki Aço e Cimento
Av. Pe. Cícero - 2764 - Triangulo
Juazeiro do Norte - Ceará